As experiências de auto-organização dos trabalhadores

TV A Comuna

.

Este é, para nós, um importante debate: sobre a auto-organização dos trabalhadores. Ele está no centro de nossa luta contra uma forma de organização da sociedade caracterizada pela acumulação capitalista, pelo desenvolvimento autônomo da economia cujo único fim é a transformação de dinheiro em mais dinheiro com base na exploração do proletariado e da natureza. Ontem à noite (18/09) tivemos a alegria de receber os companheiros Antonio Rago e Tyrone Cândido para discutir a experiência histórica de auto-organização dos trabalhadores, não apenas como um importante exercício de memória de classe, mas também por seu significado político atual, quando continuam a emergir experiências autônomas de luta e organização dos trabalhadores e demais explorados. Assim, o debate falou sobre a Comuna de Paris (1871), os soviets (conselhos operários) russos (1905, 1917), a Comuna das Astúrias (1934), Comunidades indígenas autônomas de Chiapas (desde 1994), a Comuna de Oaxaca (2006), Rojava (desde 2012) etc.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.