Pandemia e genocídio

.

Estamos em campanha para inscrições em nossa revista. Quer saber como ajudar? Clique aqui!

Ontem, no dia em que o Brasil se aproximou oficialmente de 100 mil mortos, a TV A Comuna promoveu uma discussão sobre a política genocida dos governos do Brasil, dos Estados Unidos, da Grã-Bretanha e de outros países na pandemia da covid-19. O debate contou com a participação do jornalista Victor Hugo Viegas Silva, que escreveu uma série de artigos para nosso blog (ver aqui), e Emiliano Aquino e Urbano Nojosa, ambos de A Comuna. Discutimos sobre a imunidade de rebanho, como ideologia e técnica genocida; sobre as quebras naturais que nos distanciam de vírus “encaixotados” em seus habitats, quebras causadas por desmatamentos, a monocultura agrícola e pecuária, a destruição pleo agronegócio das comunidades tradicionais etc.; sobre a relação entre o genocídio atualmente em curso, o encarceramento em massa e o genocídio de jovens proletários negros; enfim, discutimos sobre as formas de luta autônoma de categorias de trabalhadores (como entregadores de apps, empregados de call centers, operários fabris etc.) por proteção no trabalho, assim como a auto-organização de pequenas cidades, comunidades, favelas etc.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.